estamparia-manual-em tecidos

Estamparia manual em tecidos

Depois que o homem conseguiu criar seus tecidos, estampar foi seu próximo desafio. A estamparia manual em tecido é muito antiga e cada povo criou seu próprio estilo. Nos dias de hoje, com tanta tecnologia de máquinas, ainda é muito valorizada a estamparia manual, pois sua originalidade e exclusividade abre espaço para aqueles que valorizam o que é belo e único.

Meu encontro com a estamparia vem de muito cedo, na adolescência já sujava de tinta o fogão da minha mãe com minhas tentativas de fazer tie dye. Hoje, com tintas mais modernas, não se necessita mais a fervura para fixação, o que facilitou e ficou bem mais econômico o processo.

Dobras, amarrações, costuras, tudo faz parte e um lindo e envolvente processo inicial da estamparia. Além dos intrincados desenhos que se pode criar com cera quente na técnica do batik.

Essa foto ao lado é do meu varal com mais um dia de trabalho, se é possível chamar a estamparia em tecidos de “trabalho”.

Cada peça estampada, já imagino o que  irá se transformar, um lenço, uma blusa, uma bermuda, uma canga ou será algo decorativo como uma capa de almofada uma cúpula de abajur. A criatividade não tem limites!

Gosto também de enquadrar em estamparia manual em tecidos, a despigmentação da cor original do tecido, causa efeitos magníficos e muito rápidos de serem feitos. Veja abaixo o que fiz em um tecido jeans leve:

Você também tem paixão por estamparia manual em tecidos, ou em superfícies em geral? Eu também tenho, e te convido para ficar sempre por aqui comigo para trocarmos ideias.

Abraços e até a próxima.